Problema X solução.

OI MEUS QUERIDOS!

Tudo bem com vocês? Espero que sim!

Sumi ne? Ai queridos estou trabalhando tanto que só chego em casa janto e durmo rs, vida de blogueira não é fácil hein, mas não é sobre isso que é o post. Quem aqui não tem aquelas dúvidas sobre cabelo? Eu tenho um monte! Mas também tenho muitas dicas que poderão ajudar vocês.

PROBLEMA X SOLUÇÃO.

FIO ELÁSTICO: A textura ideia do cabelo deve ser suave ao toque, sem aspecto emborrachado. Quando o fio ficar com efeito elástico, é fundamental procurar um especialista que detecte se o organismo está com alguma alteração. Primeiramente, indica-se a fazer um exame de sangue para checar os níveis de de vitaminas e minerais, bem como conferir a produção hormonal. Em segundo lugar, o médico deve analisar se o paciente fez uso alguma química, descoloração ou alisamento. Que acabou retirando a camada mais externa da fibra capilar, tornando-a frágil.

SOLUÇÃO: Para tratar esse tipo de problema é indicado utilizar cosméticos a base de queratina e fazer hidratações periódicas, além de evitar procedimento como escova progressiva ou qualquer tipo de intervenção química por no mínimo seis meses. Outra dica é lavar os cabelos em dias alternados e tomar muito cuidado com a escovação excessiva ou o uso de pranchas, pois o aumento do tração poderá causar a ruptura do fio.


OLEOSIDADE EXCESSIVA: Há várias causas para desequilíbrio na oleosidade capilar. No período de outono/inverno, ela pode se acentuar. “Isso ocorre porque, no clima frio, acabamos consumindo alimentos mais coloridos, ficamos mais em ambientes fechados e cobertos, e a oxigenação corporal acaba diminuindo. Além disso, tomamos banhos mais quentes, e isso provoca um efeito que chamo de rebote: você tira o óleo bruscamente, e ele se torna bruscamente outra vez.” O estresse, a má qualidade de sono, a alimentação inadequada e o mal-uso de cosméticos de limpeza no couro cabeludo também provocam desequilíbrio. Outro problema é que nada se mistura com óleo, então ele acaba impermeabilizando o tecido do couro cabeludo e impedindo a absorção de nutrientes. Essa obstrução ainda dificulta a nascimento de novos fios saudáveis. A oleosidade excessiva, quando não cuida, pode causar até queda de cabelo!

SOLUÇÃO:

    Consumir em torno de oito copos de água por dia;
  • Evitar o consumo de alimentos gordurosas, como frituras;
  • Lavar a cabeça com água morna e aplicar produto mais leve.

CASPA: A caspa pode ter diferentes causas: oleosidade excessiva, estresse, fungos ou má alimentação. Nas mulheres, o aparecimento da caspa pode ser comum no período pré-menstrual. Ela nada mais é do que a descamação em placas do couro cabeludo, provocado pelo excesso de sebo e pela proliferação do fungos Malassezia globosa. No inverno, banhos quentes, clima seco e maior intervalo entre uma lavagem e outra tendem a deixar o couro cabeludo com características propícias para o seu surgimento.

SOLUÇÃO: Os xampus anticaspa limpam, mas, em casos severos, eles não eliminam definitivamente o problema. É importante procurar um especialista que fará uma análise microscópica para diagnosticar a origem da caspa e tratamento adequado.

PREVINA-SE:

• Lavar o cabelo regularmente ajuda a remover a sujeira e os risíduos;

• Massagear o couro cabeludo durante a lavagem acalma o couro cabeludo irritado, além de distribuir melhor os ingredientes ativos em todo o couro cabeludo e o cabelo.

• Para garantir que o cabelo não seja danificado, é recomendável lavar da raíz às pontas;

• Não se deve enxaguar os fios durante a lavagem com muita força, por estarem mais propensos a danos quando molhados.


FRIZZ: Seu surgimento depende da umidade capilar e das condições climáticas. Quando o clima estiver muito úmido, as moléculas de água presentes no ar aumentarão as ligações de hidrogênio feitas pelo cabelo, assim ele sairá de sua forma original – ficando mais rebelde. Ação mecânica é o segundo fator que evidencia o frizz. Quando o processo de secagem ou de prancha for feito de forma errada, os fios acabam ficando danificados e mais difíceis de controlar.

SOLUÇÃO: Utilizar bons produtos com proteção térmica e protetores solares para ps cabelos ajuda a evitar o frizz.


Aei queridos já anotou a suas dúvidas? Pois eu já anotei meus problemas rs.

Esse semana ainda terá problema X solução então não perca.

E esse vai ser o post de hoje espero que tenham gostado, um super beijo!

Font: Revista Cabelo & Look

Escrito por

Quem sou? Sou Bianca, criadora de conteúdo digital e futura design de moda. ♥ Tenho 25 anos e sou de São Paulo. Sou consumidora e, tento não passar do lado de uma loja e não compra nada, eu tento mais acabo comprando. Moro no mundo da moda e beleza Estou aqui para guiá-la por esse universo. Sejam bem vindas(os) a MEUS CONSUMOS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s